Beira Meu Amor

A Beira foi o grande amor da minha vida. Recebeu-me com seis anos, em Novembro de 1950 e deixei-a, com a alma em desespero e o coração a sangrar, em 5 de Agosto de 1974. Pelo meio ficaram 24 anos de felicidade. Tive a sorte de estar no lugar certo, na época certa. Fui muito feliz em Moçambique e não me lembro de um dia menos bom. Aos meus pais, irmão, outros familiares, amigos e, principalmente, ao Povo moçambicano, aqui deixo o meu muito obrigado. Manuel Palhares

Archives
A minha fotografia
Nome:
Localização: Odivelas, Lisboa, Portugal

sábado, agosto 21, 2010

BEIRA - Moçambique!

20 de Agosto de 2010!

Parabéns, minha querida Beira, pelos teus 103 anos!
Estou certo que o futuro te devolverá a importância geopolítica e geoestratégica que já te pertenceu.




VIVA A BEIRA! SEMPRE!

2 Comments:

Blogger Isabel said...

Faço minhas as tuas palavras que são uma emanação da alma.Não há dia em que não pense naquelas terras maravilhosas. Posso considerar-me uma exilada aqui em Portugal porque o meu coração está lá,sempre esteve e estará até ao último dia.Obrigada por esta oportunidade, um abraço,
Isabel Négrier

segunda-feira, março 07, 2011 9:35:00 da tarde  
Blogger portuguêsuave said...

Estive uma vez na Beira, em Setembro de 1973.
A leitura destas mensagens emociona qualquer pessoa e a mim também me pregou essa partida.
A pergunta que coloco é a seguinte:
Como poderemos traduzir tanta emoção e tanta boa energia relativamente a um Povo, a um País e a uma Cidade, de maneira a que dessa energia e emoção resulte um mundo um tudo nadinha melhor? Provavelmente irei viver para a Beira brevemente e graças aos comentários tão genuínos e emocionados que tenho lido já tenho uma pontinha de amor por aquela terra, por enquanto quase desconhecida.
Vou mantendo o contacto com estes blogs e quem sabe, talvez venha a contribuir com notícias e fotos.... Abraço a todos os homens e mulheres de boa vontade a quem por alguma razão a vida e a História trocaram as voltas.
Mas o Mundo é um só e a aventura humana ocorre em todos os cenários.
Salvé a todos!... e viva a Beira! António

quarta-feira, fevereiro 22, 2012 2:14:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

/body>