Beira Meu Amor

A Beira foi o grande amor da minha vida. Recebeu-me com seis anos, em Novembro de 1950 e deixei-a, com a alma em desespero e o coração a sangrar, em 5 de Agosto de 1974. Pelo meio ficaram 24 anos de felicidade. Tive a sorte de estar no lugar certo, na época certa. Fui muito feliz em Moçambique e não me lembro de um dia menos bom. Aos meus pais, irmão, outros familiares, amigos e, principalmente, ao Povo moçambicano, aqui deixo o meu muito obrigado. Manuel Palhares

Archives
A minha fotografia
Nome:
Localização: Odivelas, Lisboa, Portugal

sexta-feira, julho 27, 2007

Quando tínhamos 8 anos!!!


Moçambique - Beira, 27 de Julho de 1952.

O meu amigo José Manuel Sequeira Pires e Roca fez neste dia oito anos e, para o provar, ficou esta velhinha fotografia.
Na primeira fila, à frente, da esquerda para a direita, está o Rui Gomes(?), irmão da Laimita, o Manuel Palhares - ainda com sete anos - , o aniversariante José Manuel Roca, o Daniel Neto e o irmão deste último, o Fernando Neto. Atrás, mais velho que nós, está o Brito.
Naquela altura os meninos reuniam-se em casa do aniversariante e, pelo menos até à hora do lanche, não se sujavam e entretinham-se a jogar vários jogos e a apreciar as prendas que o aniversariante tinha recebido.
Depois do lanche, e depois de apagadas as velas, é que íamos todos brincar para o jardim.
Passaram-se cinquenta e cinco anos e ainda há pouco tive o prazer de lhe dar os parabéns, pelo Skype, para Joanesburg, onde se encontra desde a independência de Moçambique.
Estava bem disposto e tinha ao lado a neta, a quem explicava esta fotografia que lhe mandei por e-mail, e dizia-lhe que o avô, naquele dia, tinha feito oito anos.
Que bom que é ainda continuarmos amigos apesar da distância que nos separa.
Parabéns meu querido amigo, duplamente: pelo teu aniversário que hoje se comemora, e pela notícia de que a tua filha que está no Canadá, está à espera de um bebé. Vais ser avô de novo! Que bom!
Um grande abraço,

Manuel Palhares

Odivelas, 27 de Julho de 2007.

/body>